domingo, 31 de outubro de 2010

Guerra Fria




Já no Séc. XIX o escritor russo Leon Tolstoi escrevia que ‘falar mal dos outros agrada tanto às pessoas que difícil é deixar de condenar alguém para gáudio dos nossos interlocutores’. Felizmente que nem toda a gente age assim mas a verdade é que a maledicência predomina. Se atentarmos noutro pensamento de Tolstoi quando este diz ‘que deve valorizar-se a opinião dos estúpidos já que estes são a maioria’, então mais confiantes ficamos na razão do pensador russo. E sejamos directos, na maior parte das vezes quem se deixa embalar neste tipo de conversa manhosa não é ingénuo, é cínico.



Sem comentários: